Hoje é dia de São Domingos, nosso fundador e homem de oração, penitência e amor a Deus

Hoje é dia de São Domingos, nosso fundador e homem de oração, penitência e amor a Deus

Hoje é dia de São Domingos, nosso fundador e homem de oração, penitência e amor a Deus

Hoje, 8 de agosto, é um dia de festa para nós do Instituto Nossa Senhora de Lourdes (INSL), data em que celebramos São Domingos, cuja Ordem filiou em 1875 as Dominicanas de Nossa Senhora do Rosário de Monteils, as quais fundaram o INSL em 1958, na Cidade de Arraias/TO.

Homem de oração, penitência e amor à Palavra de Deus, São Domingos de Gusmão não fez outra coisa senão iluminar todo o seu tempo e a Igreja com a Luz do Evangelho.

Portanto, hoje lembramos aquele que, ao lado de São Francisco de Assis, marcou o século XIII com sua santidade vivida na mendicância e no total abandono em Deus e desapego de si e das coisas materiais.

São Domingos nasceu em Caleruega, na Castela Velha em 1170, Espanha, e pertencia à alta linhagem dos Gusmão. O pai, Félix de Gusmão, queria entusiasmá-lo pelas armas; o menino preferia porém andar com a mãe, Joana de Aza, mulher caridosa, e com clérigos e monges.

Acolheu o chamado ao sacerdócio e, um ano após ser ordenado em 1203, na cidade de Osma, Domingos seguiu para Roma a fim de obter do Papa licença para evangelizar os bárbaros na Germânia.

No entanto, o Papa Inocêncio III orientou-o para a conversão dos Albigenses que infestavam todo o Sul da França com suas heresias. Desta forma, Domingos fez do sul da França o seu principal campo de ação.

Quando os hereges depararam com a verdadeira pobreza evangélica de São Domingos de Gusmão, muitos aderiram à Verdade, pois nesta altura já nascia, no ano de 1215 em Tolosa, a primeira casa dos Irmãos Pregadores, também conhecidos como Dominicanos (cães do Senhor), que na mendicância, amor e propagação do Rosário da Virgem Maria, rígida formação teológica e apologética, levavam em comunidade a Véritas, ou seja, a verdade libertadora.

São Domingos de Gusmão morreu aos 51 anos e foi canonizado pelo Papa Gregório IX, em 1234.

Para a presidente do Instituto Nossa Senhora de Lourdes e Conselheira Geral da Congregação das Irmãs Dominicanas de Nossa Senhora do Rosário de Monteils, Irmã Maria Eugênia Ribeiro Silveira, essa é uma história a ser contada e partilhada com todos. “Em louvor a Deus, que nos coloca, dia a dia, realizando a missão do bem cuidar e do bem viver entre nós e com os destinatários, seguindo os passos de Domingos”, disse.

Irmã Maria Eugenia finalizou o louvor com o pedido para que todo o povo de Deus reze pela família dominicana e por todos os homens e mulheres consagrados pelo amor de Cristo. “Que São Domingos nos ilumine, nestes tempos difíceis, a sermos a ‘esperança aos empobrecidos e advertência aos pretensos poderosos’, como bem lembrou nosso irmão Frei José Fernandes, op”.

São Domingos de Gusmão, rogai por nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *