Hoje é o Dia Nacional do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional, profissionais reconhecidos por restaurar vidas

Hoje é o Dia Nacional do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional, profissionais reconhecidos por restaurar vidas

Hoje é o Dia Nacional do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional, profissionais reconhecidos por restaurar vidas

Nesta sexta-feira, 13 de outubro, comemoramos o Dia Nacional do Fisioterapeuta do Terapeuta Ocupacional, profissionais da saúde capacitados para tratar de doenças e lesões a partir de programas terapêuticos para pessoas com dificuldades de adaptação à vida em sociedade devido as disfunções físicas, sensoriais, cognitivas e psicossociais. Tanto uma especialidade quanto a outra são fundamentais para a promoção da saúde, qualidade de vida e do bem-estar da população em geral.

Fisioterapia: em busca da recuperação biopsicossocial

De acordo com o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito), a fisioterapia é a área da saúde que estuda, previne e trata os distúrbios do movimento em órgãos e sistemas do corpo humano, gerados por alterações genéticas, traumas e doenças adquiridas. Dentro do modelo biopsicossocial, a fisioterapia também analisa como o funcionamento do corpo pode afetar a mente e o funcionamento da mente pode afetar o corpo, mantendo enfoque em três fatores principais, sendo eles:

  • Biológico: procura analisar o funcionamento do corpo do paciente para entender a causa da doença.
  • Psicológico: busca potenciais causas psicológicas para um problema de saúde, como a depressão, a falta de autocontrole, desequilíbrios emocionais e até mesmo o pensamento negativo.
  • Social: investiga como diferentes fatores sociais, como o socioeconômico, o cultural e as relações sociais, podem influenciar a saúde.

Ou seja, além da prevenção, habilitação e reabilitação física e motora, com diagnósticos e tratamentos específicos para restaurar, desenvolver e conservar a capacidade corporal, a fisioterapia também deve promover bem-estar e qualidade de vida aos seus pacientes, integrando outras formas de terapia, como a terapia ocupacional, a psicologia e a fonoaudiologia, ao seu programa de tratamento quando necessário.

Assim também é o pensamento da fisioterapeuta do Centro de Reabilitação Nossa Senhora de Lourdes (CRNSL) Thelma Caldeira, a qual acredita que a especialidade vai muito além das funções meramente ortopédicas e que cada paciente deve ser tratado de acordo com suas particularidades. “Sempre considero todos os casos, ou melhor, cada paciente como um desafio, pois cada indivíduo é único, independente se a patologia é comum ou não”, destaca.

Terapia Ocupacional: autonomia e independências para as atividades de vida diárias

Já o terapeuta ocupacional, ainda segundo o Coffito, é um profissional capacitado nas áreas da saúde e das ciências sociais. Sua intervenção compreende avaliar o cliente, buscando identificar alterações em suas funções práticas, considerando sua faixa etária (bem como seu desenvolvimento), sua formação pessoal, familiar, coletiva e social.

Seu trabalho compreende as atividades humanas como um processo criativo, lúdico, expressivo, evolutivo e produtivo, interferindo no cotidiano de seus pacientes com o objetivo de ajudá-los a alcançar maior qualidade de vida e independência para suas atividades diárias e envolvendo portadores de incapacidades em atividades que promovam o restabelecimento ou o desenvolvimento de habilidades para sua integração na sociedade e o desenvolvimento da autonomia e autoconfiança, combatendo problemas motores, intelectuais e cognitivos, desde a infância até a terceira idade.

O Centro de Reabilitação Nossa Senhora de Lourdes

Administrado pelo Instituto Nossa Senhora de Lourdes, o CRNSL atua com a reabilitação física, psíquica e social por meio de tratamentos integrados que contam com diversas áreas, tais como a fisioterapia, a terapia ocupacional e também a psicologia e a fonoaudiologia. Em Palmas (Tocantins) desde 2005, é referência na região e tem como principais diferenciais programas terapêuticos integrados, atendimento domiciliar, oficinas terapêuticas, piscinas aquecidas, equipe multidisciplinar e preços mais acessíveis, uma vez que é uma instituição sem fins lucrativos.

Fale conosco

O Centro de Reabilitação Nossa Senhora de Lourdes presta atendimentos de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, na quadra 106 Sul, Alameda 2, Casa 30 (Palmas – TO). Você também pode tirar dúvidas e agendar consultas pelos telefones (63) 3322-8408 / 3322-8409, bem como também pelo Whatsapp (63) 98468-8358, pelo e-mail atendimento@insl.org.br e pela página do Facebook www.fb.com/inslpalmas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *