Calimério Neto fala sobre sua profissão de fisioterapeuta e como é trabalhar no CRNSL

Calimério Neto fala sobre sua profissão de fisioterapeuta e como é trabalhar no CRNSL

Calimério Neto fala sobre sua profissão de fisioterapeuta e como é trabalhar no CRNSL

Fisioterapeuta do Centro de Reabilitação Nossa Senhora de Lourdes desde 2013, Calimerio Garcia Rosa Neto é graduado há 11 anos pela Pontifícia Universidade Católica (PUC Goiás), com especialização em Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Reeducação Postural Global (RPG pelo método Philippe Souchard). O profissional atua também no Hospital Infantil Público de Palmas. Confira a entrevista:

Neto, o que motivou você a ser fisioterapeuta?
A princípio, porque eu queria trabalhar na área da saúde. Depois, e principalmente, porque queria contribuir com uma melhor qualidade de vida para as pessoas. Além disso, gostaria de deixar, com a minha contribuição, uma memória boa e positiva da minha pessoa, como profissional, para quem quer que estivesse passando por uma enfermidade.

Como você resumiria o exercício da profissão fisioterapeuta?
O fisioterapeuta tem que ser generalista e entender diversas áreas ao mesmo tempo, tudo em busca do bem-estar de quem atendemos. Isso é, não temos uma área que atendemos mais que outra, mas, claro, sempre há aquela com que nos identificamos mais.

Qual a sua principal especialidade e por que se dedicou a tal tema?
Tenho pós-graduação em Fiosioterapia Traumato-Ortopédica porque foi uma especialização que me interessou desde o começo da graduação.

Quais o principal desafio da sua profissão?
O mercado de trabalho pode ser difícil para um recém-formado, mas as oportunidades não faltam. Cabe sempre a nós enxergá-las. Para isso, o profissional precisa se capacitar para sempre estar um passo à frente.

Falando em mercado de trabalho, como é ser um colaborador do CRNSL? Que diferenciais você enxerga na nossa instituição?
O principal diferencial que percebo em relação a outros centros de reabilitação física da cidade é que aqui olhamos para o paciente como um todo, com uma equipe multidisciplinar, os melhores recursos e mais tempo de atendimento. Enfim, com tudo que é necessário pra obtermos os melhores resultados. Na maioria dos outros locais, a maior preocupação é a produtividade, existem metas a serem cumpridas e, portanto, limitações. Aqui não existe isso. Eu posso ficar o tempo que for necessário pra fazer um atendimento. Outro fator muito importante, que diferencia o CRNSL, é a confiança da equipe no trabalho da fisioterapia. Existe muita integração entre todos nós.

O que diria aos jovens e adultos que estão pensando em escolher a sua profissão?
Não ficar apenas na graduação e manter-se estudando sempre. É fundamental estar atualizado e ter uma boa rede de contatos profissionais. Para isso, os congressos são aliados importantes. É essencial também ser ousado, empreendedor e conhecer as tendências do mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *