Como aliviar o estresse e ser uma pessoa mais zen

Como aliviar o estresse e ser uma pessoa mais zen

Como aliviar o estresse e ser uma pessoa mais zen

O estresse atinge a maioria das pessoas e, dependendo do nível, pode resultar em graves problemas de saúde. Para que não se torne o maior obstáculo, é essencial estar atento aos sintomas, buscando aliviar seus efeitos e evitar consequências sistêmicas.

Dificuldades financeiras, desafios no trabalho, rotina, agenda cheia, preocupação com os filhos e prazos a serem cumpridos estão entre os motivos que podem elevar o esgotamento emocional do indivíduo. Em resposta ao estresse, a frequência cardíaca aumenta, a respiração acelera, os músculos se contraem e a pressão arterial se eleva.

As consequências podem ser as mais variadas possíveis: dor de estômago, dor de cabeça, dificuldade de concentração, cansaço, insônia, sudorese, tremores, tontura, irritação, problemas na pele, palpitações, redução do desejo sexual, perda de produtividade no trabalho, instabilidade de humor, depressão e até ataque cardíaco. A irritação provocada pelo estresse também resulta em agravamento de maus hábitos já existentes, como fumar e beber, além de poder causar distúrbios alimentares, entre outros problemas.

Algumas pessoas lidam melhor com o estresse do que outras, isso é fato. O que pode ser motivo de muito nervosismo para uma pessoa, pode não ser tão importante assim para outra. Confira algumas dicas importantes:

Pratique exercícios físicos

Praticar atividades físicas está entre os melhores conselhos, isso porque os exercícios estimulam a redução dos hormônios que provocam o estresse, como o cortisol. Enquanto a pessoa se movimenta, libera várias substâncias na corrente sanguínea que aumentam a sensação de bem-estar e prazer. A principal é a endorfina, substância natural produzida pelo cérebro durante e após a ação. Além disso, a prática regular de atividades físicas melhora o condicionamento cardiovascular, evita a obesidade, o sedentarismo e uma série de doenças.

Vida mais saudável

Além de exercitar-se, ter outros hábitos saudáveis é essencial para qualidade de vida. Alimente-se corretamente, beba bastante água e busque obter uma boa noite de sono. Fique atento aos sinais do seu corpo e lembre-se: álcool, cigarros ou cafeína podem aumentar o estresse.

Avalie sua rotina de trabalho

Um dos motivos que mais afeta a saúde emocional das pessoas é lidar com as responsabilidades do trabalho. Ao notar que vitalidade está sendo muito prejudicada, reflita se vale a pena continuar arriscando sua saúde. Se a opção for seguir em frente, procure organizar suas tarefas, estabelecer prioridades e ter consciência dos seus limites. Conversar com o seu chefe, procurando uma saída também pode ajudar.

Respire fundo

Ao perceber-se muito estressado, sente-se numa posição confortável, feche os olhos e respire fundo. Ao fazer isso, provocamos a redução da pressão sanguínea e consequente relaxamento.

Faça algo que goste

Nada melhor para aliviar o estresse do que fazer algo que você goste. Acampar, nadar, correr, andar de bicicleta, comprar alguma roupa ou perfume – muitas são as opções.

Escute sua música preferida

Isso poderá inundar o seu cérebro com substâncias neuroquímicas como a dopamina – que atua na memória e na sensação do prazer, fazendo com que você se sinta melhor. Músicas suaves ajudam a baixar a pressão arterial e a frequência cardíaca.

Não leve a vida tão a sério

Rir é o melhor remédio. Ao dar boas gargalhadas, você está ajudando a levar mais oxigênio ao seu corpo e aos órgãos, auxiliando no relaxamento dos músculos e em consequente bem-estar. A longo prazo, o riso ajuda a melhorar o sistema imunológico e o seu humor. Problemas, todo mundo enfrenta, e vai de você dar a importância merecida a cada obstáculo. Tente levar muitas das coisas do dia a dia com humor, na esportiva.

Desligue o celular

Com o avanço tecnológico, estamos cada vez mais conectados e essa conexão exacerbada está nos deixando mais estressados. É preciso fazer uma diferenciação entre uso e abuso das tecnologias. Desligue o aparelho e perceba o que está ao seu redor. Dê importância para outras coisas como, por exemplo, dar uma volta na praça com o seu cãozinho. Se não puder desconectar, pelo menos diminua o tempo de uso e distancie-se um pouco das redes sociais.

Procure um bom profissional

Se o estresse vem prejudicando seu dia a dia, seus compromissos e sua sanidade mental, é hora de procurar um especialista. Em contato com um bom especialista – um psicólogo, por exemplo –, quem sofre de muito estresse poderá receber o diagnóstico e o tratamento adequado. Na consulta, o paciente deve relatar todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram. Informar se toma algum medicamento também é importante.

O Centro de Reabilitação Nossa Senhora de Lourdes (CRNSL) conta com psicoterapia e também atividades como pilates e hidroginástica mix. Agende um atendimento ou aula experimental pelo (63) 3322-8408 ou 98468-8358 (WhatsApp). Estamos bem no centro de Palmas (TO), na 106 Sul, Alameda 2, casa 30.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *