No Dia Nacional do Profissional de Educação Física, homenageamos e conversamos com nossa educadora física Khassandra Rodriguês

No Dia Nacional do Profissional de Educação Física, homenageamos e conversamos com nossa educadora física Khassandra Rodriguês

No Dia Nacional do Profissional de Educação Física, homenageamos e conversamos com nossa educadora física Khassandra Rodriguês

No primeiro dia de setembro, comemora-se o Dia Nacional do Profissional de Educação Física, data que celebra a regulamentação da profissão, na mesma data, pela Lei 9.696/98.

Compete ao profissional, de acordo com a Lei, “coordenar, planejar, programar, supervisionar, dinamizar, dirigir, organizar, avaliar e executar trabalhos, programas, planos e projetos, bem como prestar serviços de auditoria, consultoria e assessoria, realizar treinamentos especializados, participar de equipes multidisciplinares e interdisciplinares e elaborar informes técnicos, científicos e pedagógicos, todos nas áreas de atividades físicas e do desporto”. Para atuar na área, é preciso ter curso superior, podendo optar pela licenciatura ou bacharelado.

hidromix palmas tocantins

Khassandra, sorridente no canto mais à direita, com algumas de suas alunas de Hidromix

No CRNSL Palmas

No Centro de Reabilitação Nossa Senhora de Lourdes (CRNSL), contamos com uma profissional capacitada, muito dedicada, animada e querida por todos: Khassandra Rodriguês. Com especialização em Medicina do Esporte, a instrutora de Hidromix do CRNSL cursou licenciatura em Educação Física pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) e escolheu a carreira por gostar da área e pelo anseio em fazer a diferença na vida das pessoas.

Para Khassandra, ser educadora física significa acompanhar de perto o desenvolvimento dos alunos. “É dar atenção e saber orientar, respeitando a individualidade de cada um. É motivar e promover a saúde, além de planejar, supervisionar e coordenar, valorizando a qualidade de vida”, defende.

O que é o HidroMix?

Carinhosamente chamada por nós desta maneira, a Hidroginástica Mix nada mais é que a junção de vários treinos na água em uma só aula, como bike, jump e step com o uso de pesos, halteres, flutuantes, entre outros equipamentos. Tudo junto proporciona vários benefícios, como força, equilíbrio, condicionamento e fortalecimento físico, resistência e alongamento muscular, além, claro, de queimar muitas calorias! Outra vantagem é que a modalidade é um exercício de baixo impacto, ou seja, suas articulações não sofrem tanto quanto em exercícios de solo.

Desafios da profissão

De acordo com Khassandra, ela passa hoje por um dos maiores desafios em sua carreira. “É bastante desafiador trabalhar em um centro de reabilitação física, pois requer muito mais cuidado, uma vez que temos contato com diversas patologias. São muitos alunos e temos que dar atenção especial a cada um, fazendo valer o tempo que passamos juntos. Com certeza, está sendo um grande aprendizado na minha vida”, afirma.

A educadora física conta ainda que muitos de seus alunos chegam com um histórico crônico de doenças e que, por meio da atividade física, muda-se o quadro. Para ela, não tem sensação melhor que contribuir com a melhora de vida de alguém. “Exercícios físicos fortalecem a saúde mental e corporal, apoiam na recuperação de traumas físicos, auxiliam o tratamento de doenças crônicas e ainda resultam em maior interação social e numa velhice saudável”, acrescenta.

Expectativas futuras

Dentre os desejos da educadora física, estão mais autonomia e reconhecimento profissional. “E que os alunos pratiquem atividades com a motivação necessária, que realmente façam valer a pena, entendendo que a prática de exercícios físicos é fundamental para a saúde. Também que cada profissional da área saiba cativar as pessoas para uma vida mais ativa. Assim, reduziremos a taxa de sedentarismo existente no Brasil”, finaliza Khassandra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *