BLOCO DA INCLUSÃO do CRNSL abre alas para um ano mais junto à comunidade de Palmas

BLOCO DA INCLUSÃO do CRNSL abre alas para um ano mais junto à comunidade de Palmas

BLOCO DA INCLUSÃO do CRNSL abre alas para um ano mais junto à comunidade de Palmas

Reconhecido em Palmas e região pela prestação de serviços de reabilitação à pessoa com deficiência física e intelectual, o Centro de Reabilitação Nossa Senhora de Lourdes (CRNSL) acaba de abrir alas para um ano repleto de eventos voltados à população com o Bloco da Inclusão: Preconceito e Intolerância NÃO PASSARÃO”.

A comemoração de carnaval está marcada para esta sexta-feira, 9 de fevereiro, a partir das 15h, no próprio Centro de Reabilitação (106 sul, alameda 2, casa 30 / em frente ao Colégio Estadual Frederico Pedreira Neto) e será dedicada aos pacientes e seus familiares/responsáveis, usuários, alunos, colaboradores e apoiadores, com a comunidade também convidada a participar e aproveitar a oportunidade para conhecer o trabalho do CRNSL.

Dentre as atrações do Bloco da Inclusão, destacam-se música super animada, com marchinhas e outros ritmos, e oficina de pintura facial e confecção de máscaras pelo artista Brian Castro, estudante de Teatro da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e artesão na cidade de Palmas.

O momento também contará com uma Roda de Conversa sobre a Inclusão de Pessoas com Deficiência, marcada para as 17h, com mediação da Ir. Maria Eugenia Ribeiro Silveira, coordenadora geral do Centro de Reabilitação Nossa Senhora de Lourdes e presidente do Instituto Nossa Senhora de Lourdes.

A principal intenção do evento é dar mais visibilidade a pessoas de todas as idades que sofrem com discriminação por possuírem algum tipo de problema de saúde físico ou psíquico, além de estreitar os laços entre a instituição e a população.

Quanto ao calendário de eventos voltados à comunidade, a coordenadora do CRNSL Ir. Maria Eugênia Ribeiro Silveira explica que, em geral, as realizações serão direcionadas ao bem-estar e à saúde da comunidade, por meio de palestras, encontros, discussões e eventos temáticos voltados para a promoção da saúde.

“O ano de 2018 será um ano de nos aproximar mais da sociedade, cumprindo um dos nossos papéis como instituição sem fins lucrativos. A intenção é apresentar para a comunidade o que realizamos aqui e trazer ela para mais próximo da nossa missão”, finaliza.

Mais sobre a mediadora da Roda de Conversa sobre a Inclusão de Pessoas com Deficiência

Ir. Maria Eugênia faz parte da Ordem das Irmãs Dominicanas de Nossa Senhora do Rosário, que no Tocantins são fundadoras do Instituto Nossa Senhora de Lourdes (INSL), uma organização sem fins lucrativos que presta serviços nas áreas de reabilitação física, intelectual e social para pessoas em situação de vulnerabilidade, tendo a ética e os valores evangélicos como fundamento. Além disso, ela realiza trabalhos de assessoramento na Comissão de Solidariedade, Justiça e Paz da Diocese de Palmas e é membro do Comitê Estadual de Respeito à Diversidade Religiosa do Tocantins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *